Teatro Guaíra tem recorde de público nas redes sociais e chega a mais de 1 milhão de paranaenses
29/11/2021 - 11:48

O Teatro Guaíra encerra 2021 com um recorde de público nas redes sociais alcançando mais de 1 milhão de paranaenses, quase 500 vezes a lotação máxima do Guairão. Somente no Facebook do Teatro foram 1,7 milhão de impressões, além de aumento de 90% na quantidade de comentários no Instagram. Esses números mostram a consolidação do Teatro Guaíra como um dos maiores complexos culturais da América Latina e um dos grandes centros de entretenimento virtual do país. Músicos e bailarinos se reinventaram e passaram a fazer atividades virtuais em função da pandemia de Covid. Com o fim das restrições os artistas passaram a receber os aplausos presenciais do público no Guairão e em espaços públicos de Curitiba. As ações desenvolvidas estão em linha com a diretriz do governo do Estado de democratizar o acesso à cultura.

As ações desenvolvidas foram uma parceria da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, Centro Cultural Teatro Guaíra e PalcoParaná.

Com esses dados, o Teatro atingiu um público maior do que os espectadores presenciais anuais, uma média de 350 mil pessoas. Por isso, paranaenses que nunca tinham tido acesso aos espetáculos da instituição viveram uma inclusão digital cultural. O público assistiu a concertos da Orquestra Sinfônica do Paraná, como a Sétima Sinfonia, de Beethoven, e a coreografias do Balé Teatro Guaíra, como Valsa de Apartamento, sucesso nacional de público e crítica, e Variações sobre a Mesa, esta última indicada ao mais importante prêmio de videodança do mundo, o San Francisco Dance Film Festival.

Os números refletem a presença consolidada do Teatro Guaíra nas redes sociais. As postagens que geram maior repercussão estão relacionadas à Valsa de Apartamento. A notícia da veiculação da coreografia no Jornal Nacional gerou 26 mil impressões no Facebook e Instagram. No total, o Instagram do Teatro teve 800 mil impressões e o YouTube registrou 39 mil visualizações em 2021.

Retorno presencial

Com o cenário de ampla vacinação e melhora nos índices da pandemia, os corpos artísticos do Teatro Guaíra reencontram os aplausos presenciais com o projeto Parques e Praças. O projeto teve o objetivo de levar espetáculos culturais a um público amplo de forma segura e foi uma forma de agradecer aos paranaenses pelo carinho com os artistas durante a pandemia. A primeira apresentação presencial depois de um ano e meio aconteceu na Praça Rui Barbosa, com o Balé Teatro Guaíra dançando Valsa de Apartamento.

Os parques Tanguá e São Lourenço, além das Praças Tiradentes, Generoso Marques e Santos Andrade também foram o palco para o Balé, a Escola de Dança e a G2 Cia. de Dança. O projeto contou ainda com uma parceria com a E-Paraná Conteúdos Estratégicos, que fez o registro dos espetáculos para veiculação nas redes sociais do Teatro. A primeira coreografia será veiculada nas mídias do Guaíra no dia 24 de dezembro. Uma forma de presentear o público.

A Orquestra Sinfônica do Paraná fez a primeira apresentação com público em Cascavel, para celebrar o aniversário da cidade. O programa também foi tocado em Curitiba, para celebrar a imigração polonesa e contou com compositores dessa nacionalidade. A abertura contou com as participações da cônsul-geral da Polônia, Marta Olkowska, e do secretário de Estado da Comunicação Social e da Cultura, João Evaristo Debiasi.

 

Perspectivas para 2022

A pauta de espetáculos no Teatro Guaíra deve ser intensa em 2022. Os eventos desmarcados e represados em função da pandemia serão remarcados para o próximo ano. Já há reserva de datas para bandas internacionais, como o pianista francês Richard Clayderman e os australianos The Ten Tenors.

Os corpos artísticos do Teatro Guairão também terão um ano movimentado. A expectativa é que o Balé faça quatro temporadas de apresentações sob o comando de Luiz Fernando Bongiovanni, o novo diretor do BTG. Ele é o coreógrafo responsável pelos maiores sucessos recentes da companhia, como O Lago dos Cisnes e Carmen, e promete grandes balés com sucesso de público para 2022.

A Orquestra Sinfônica do Paraná inicia em 2022 um projeto de concertos com compositores consagrados e outro com canções populares. A Escola de Dança também fará duas grandes apresentações anuais, além de ampliar a participação em competições e mostras nacionais. Além disso, o Teatro Guaíra seguirá com a presença forte nas redes sociais, transmitindo também de forma digital os eventos presenciais.

GALERIA DE IMAGENS