Cultura tem editais abertos
06/01/2022 - 13:06

Edital Memorial de Vivências vai premiar relatos de experiências durante a pandemia

 

A Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) e a Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC), por meio da Superintendência-Geral da Cultura, abrem as inscrições para o Edital Memorial de Vivências com recursos da Lei Aldir Blanc. A iniciativa tem como objetivo eternizar as expressões, nas diferentes linguagens artísticas e culturais, das vivências, saberes e fazeres durante o período pandêmico por meio de um museu virtual. O edital é voltado para trabalhadores e trabalhadoras da cultura pessoa física, residentes no Paraná. As inscrições prosseguem até o dia 17 de fevereiro. Para se inscrever acesse UNESPAR.

Para participar, o interessado deve enviar um vídeo-depoimento, entre 15 e 30 minutos, no ato da inscrição. Ao todo, 1.065 artistas de dez segmentos culturais serão contemplados com um prêmio individual de R$ 5 mil reais, totalizando um investimento global de R$ 5.325.000,00. 

No intuito de descentralizar os recursos, as vagas foram divididas em 70% para o interior do Estado e 30% para a capital. São contempladas as áreas de: artes visuais, audiovisual, cultura tradicional, diversidade cultural, dança, ópera ou circo, música e técnicos. Para participar, é necessário comprovar a atuação de, no mínimo, dois anos na área. 

 

Inscrições para vagas remanescentes da Bolsa Qualificação vão até 09 de janeiro

O prazo de inscrições para as 3.738 vagas remanescentes da Bolsa Qualificação Cultural, programa da SECC com a UEPG, vai até às 23h59 de domingo (09 de janeiro). 

O programa, que utiliza recursos da Lei Aldir Blanc, oferece vagas nos variados segmentos de arte e cultura em três módulos de aprendizado para pessoas físicas, residentes no Paraná. Ao final de cada módulo, o participante tem direito a receber R$ 1 mil, totalizando R$ 3 mil ao final do curso.

Fruto de um termo de cooperação técnica entre a Secretaria Estadual da Comunicação Social e da Cultura (SECC) e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), o programa Bolsa Qualificação oferece um total de 12 mil vagas, operacionalizadas pela UEPG, responsável pelos cursos e pelo pagamento dos cursistas. Mais de 13 mil pessoas se inscreveram no primeiro edital. Dessas, mais de 8 mil tiveram sua inscrição deferida na primeira edição e finalizaram o programa. A nova fase é voltada para quem não participou da primeira edição.

Os cursos terão duração total de 120 horas, divididas em três módulos de 40 horas cada, no período de 01 de fevereiro de 2022 a 24 de março de 2022. O primeiro módulo é comum a todos os segmentos e o segundo e o terceiro módulos da qualificação são específicos para cada segmento do setor cultural: Artes Visuais / Audiovisual / Circo / Dança / Literatura, Livro e Leitura / Música / Ópera / Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares / Teatro / Técnicos que atuam na cadeia produtiva da cultura.

 

Edital da Cultura com a UEL beneficia economia criativa com R$ 15,6 milhões em bolsas

 

A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Sociedade (PROEX), juntamente com a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual de Londrina (FAUEL), abrem nesta segunda-feira (03/01) as inscrições para o Programa Bolsa Cultural Paraná Criativo/Lei Aldir Blanc – Qualificação para Empreendimentos Criativos do Setor Cultural. O edital é resultado de um Termo Técnico entre a Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC), UEL e Fundação de Apoio (FAUEL) para garantir que os recursos da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017/2020) possam apoiar empreendimentos da cultura afetados pelos impactos da pandemia. As inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 16 de janeiro, no site da FAUEL.

O edital prevê um investimento de R$ 16,2 milhões, sendo R$ 15,6 milhões em bolsas para os selecionados dos empreendimentos culturais. O restante será direcionado para a operacionalização do programa, a partir de termo de cooperação financeira estabelecido pelo governo estadual, por meio da SECC, UEL e FAUEL. O programa, por meio do edital, também desenvolverá um mapeamento dos empreendimentos culturais do Estado, além de constituir um acervo da memória áudio visual dos empreendimentos.

O público-alvo do edital são os seguintes empreendimentos criativos do setor cultural do Paraná: Microempreendedor Individual – MEI; Empreendedor Individual – EI; Microempresa – ME; Empresa de Pequeno Porte – EPP; Entidades culturais privadas sem fins lucrativos e Cooperativas Culturais. O edital também atenderá Coletivos Culturais Informais que produzem Festivais e Mostras.

 

Veja todas as informações aqui

https://www.comunicacao.pr.gov.br

GALERIA DE IMAGENS