Teatro Guaíra faz apresentações de dança gratuitas em pontos turísticos de Curitiba
19/10/2021 - 16:24

O Teatro Guaíra inicia na próxima sexta (22/10, ao meio-dia) o projeto “Parques e Praças”, com apresentações de dança semanais em pontos turísticos de Curitiba. O primeiro espetáculo será a obra “Valsa de Apartamento”, do Balé Teatro Guaíra, dançada na Praça Rui Barbosa. Há ainda obras da Escola de Dança Teatro Guaíra e G2 Cia. de Dança. As atrações são gratuitas e acontecem semanalmente até o dia 4 de dezembro em diversos espaços públicos da cidade (veja mais detalhes abaixo).

O projeto tem o objetivo de levar espetáculos culturais a um público amplo de forma segura, considerando o cenário de controle da pandemia e ampla vacinação. Com as atividades virtuais desenvolvidas no primeiro semestre de 2021, o Teatro Guaíra chegou a mais de 600 mil paranaenses. O “Parques e Praças” é uma forma de agradecer a esses espectadores on-line e retomar a presença física do público com segurança.

Para a diretora do Teatro Guaíra, Monica Rischbieter, esse é um momento especial de reencontro com o público presencial depois de meses de atividades virtuais. “Depois de meses de distanciamento social, estamos perto fisicamente do público de novo. O artista precisa desse contato, só assim a arte cumpre sua função. Para nós é uma alegria poder levar a dança do Teatro Guaíra para o público nas ruas da cidade”, diz.

A ação é uma parceria da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, Centro Cultural Teatro Guaíra, PalcoParaná e Prefeitura de Curitiba. 

 

Espetáculos

O Balé Teatro Guaíra leva ao público na próxima sexta (22/10, ao meio-dia) a primeira apresentação presencial de “Valsa de Apartamento”, coreografia virtual do início de 2021 que foi destaque nacional. Na Praça Rui Barbosa, a valsa de Shostakovich vai embalar o público com movimentos suaves dos bailarinos.

O BTG apresenta ainda outros dois espetáculos. No dia 6 de novembro, o público assiste à “Carmen”, uma das tragédias mais conhecidas da história da arte. A trama é tecida por Carmen, uma cigana sedutora, o toureiro Escamillo, o cabo da polícia Don José e sua noiva Micaela. Dia 12 de novembro é a vez de “Caixa de Cores”, uma coreografia contemporânea que trata da influência das cores em nossa vida e o que elas representam para cada indivíduo.

A Escola de Dança Teatro Guaíra reúne 50 alunos para participar de 3 apresentações, incluindo uma coreografia criada especialmente para o projeto, “Pas de Six”. O público poderá conferir espetáculos clássicos, como trechos de “O Quebra Nozes”, “Giselle” e o famoso “pas de trois” de “O Lago dos Cisnes”, além de repertório contemporâneo. A primeira apresentação da EDTG acontece dia 29 de outubro, na Praça Tiradentes, às 15h. Por fim, o G2 Cia. de Dança encerra a programação em 4 de dezembro com uma coreografia contemporânea de repertório.

 


Confira a programação

Dia 22 de outubro, Praça Rui Barbosa, ao meio-dia: Balé Teatro Guaíra apresenta “Valsa de Apartamento”;

Dia 29 de outubro, Praça Tiradentes, às 15h: Escola de Dança Teatro Guaíra apresenta trechos de “O Quebra-Nozes”, “La Fille mal gardée”, “Esmeralda” e repertório contemporâneo;

Dia 6 de novembro, Parque Tanguá, às 15h: Balé Teatro Guaíra apresenta “Carmen”;

Dia 12 de novembro, Praça Generoso Marques, às 15h: Balé Teatro Guaíra apresenta “Caixa de Cores”;

Dia 20 de novembro, Parque São Lourenço, às 15h: Escola de Dança Teatro Guaíra apresenta trechos de “O Lago dos Cisnes”, “Princesa Florine” e repertório contemporâneo;

Dia 26 de novembro, Praça Santos Andrade, às 15h: Escola de Dança Teatro Guaíra apresenta trechos de “O Quebra-Nozes”, “Giselle” e repertório contemporâneo;

Dia 4 de dezembro, Museu Oscar Niemeyer, às 15h: G2 Cia. de Dança apresenta repertório contemporâneo.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias