OSP apresenta décimo concerto virtual da série Música de Câmara 2020
30/10/2020 - 18:27

A Orquestra Sinfônica do Paraná traz ao público o décimo concerto virtual da série Música de Câmara 2020 com a obra “Duo com Dois Óculos Obrigatórios para Viola e Violoncelo”, de Beethoven. Tradicionalmente, esse tipo de apresentação acontece em ambientes mais intimistas, como o Guairinha. Com a suspensão dos concertos presenciais em função da pandemia do coronavírus, os músicos da OSP viram nos concertos virtuais uma possibilidade de manter um contato próximo com o público.

 

Acredita-se que o Dueto com Dois Pares de Óculos Obrigatórios para Viola e Violoncelo nasceu de uma brincadeira entre Beethoven e seu amigo, o barão Nikolaus Zmeskall. Beethoven costumava fazer piadas com os óculos de Zmeskall e escreveu para ele essa obra. Diz a tradição que qualquer músico que a toque precisa colocar, obrigatoriamente, seus óculos.

 

 

Música de Câmara

A Série Música de Câmara vai ao ar nas redes sociais da OSP a cada quinze dias. A música de câmara é como uma “conversa” entre dois ou três amigos. Em pequenos grupos, os músicos da orquestra trazem, desde 2018, essa conversa musical para a plateia no formato da Série Música de Câmara, com a curadoria do maestro-titular Stefan Geiger.

 

 

Veja os concertos já apresentados:

 

1. No primeiro vídeo, o clarinetista Jairo Wilkens convida a pianista Clenice Ortigara para tocar Malcolm Arnold (1921-2006). O compositor ficou conhecido por compor obras para o cinema, tendo recebido um Oscar por uma de suas músicas.

 

 

 

2. No segundo concerto virtual de câmara, os músicos da OSP escolheram uma obra de Mozart para evidenciar a beleza do clarinete. Escrito originalmente para o clarinetista Anton Adler, a composição foi feita para, além do clarinete, dois violinos, uma viola e um violoncelo. Finalizada em setembro de 1789, esta peça estreou com Adler em dezembro do mesmo ano, na Sociedade Tonkünstler de Viena.

 

 

 

3. No terceiro episódio da Série de Música de Câmara, os músicos da OSP trazem a consagrada Manhã de Carnaval, de Luiz Bonfá e Antônio Maria. A música, que já foi regravada internacionalmente por nomes como Cher, Luciano Pavarotti, Plácido Domingos e Frank Sinatra, foi lançada originalmente em 1959. É considerada uma das mais importantes músicas do jazz brasileiro e ajudou a consolidar a música brasileira, especialmente a bossa nova, no exterior. Confira agora a versão para quarteto de cello da OSP.

 

 

4. A violinista Martina Lohmann e o acordeonista convidado André Ribas trazem para o concerto virtual de hoje Astor Piazzolla, com Vuelvo Al Sur, de 1988. A letra que acompanha algumas versões dessa música é de autoria de Fernando Solanas.

 

 

 

5. O quinto episódio da Série de Música de Câmara é um clássico brasileiro de Vinicius de Moraes e Toquinho, “Onde Anda Você”, canção lançada em 1975 e que ficou marcada na história da música brasileira.

 

 

6. Compositor, coreógrafo e pianista Francis Poulenc (1899 - 1963) é o homenageado da noite com o seu Sexteto, Op.100. Dividida em três movimentos (I. Allegro vivace; II. Divertissement: Andantino; III. Finale: Prestissimo) a obra tirou o sono do próprio Poulenc. Foram anos fazendo a revisão até chegar no resultado que lhe agradou, esta versão apresentada.

 

 

 

7. No episódio de hoje da Série de Música de Câmara, a violinista da OSP, Martina Lohmann e o pianista convidado, André Fadel, trazem o Scherzo para violino e piano em Dó menor, de Johannes Brahms (Hamburgo, 7 de maio de 1833 — Viena, 3 de abril de 1897). Esse Scherzo faz parte da sonata F.A.E (Frei aber einsam, Livre, mas só), obra composta em conjunto por Brahms, Robert Schumann e Albert Dietrich.

 

 

 

8. No oitavo concerto virtual da série Música de Câmara 2020, o músico da OSP Carlos Tavares e a musicista convidada Anna Bobkova, tocando diretamente da Rússia, apresentam o segundo movimento do Duo para Violas em Dó Maior, de Karl Stamitz. Karl Stamitz foi um compositor tcheco-alemão que atuou no final do século XVIII e início do século XIX. Seu estilo musical é caracterizado por temas regulares e melodias agradáveis.

 

 

 

9.  A nona edição da série Música de Câmara 2020 traz a obra de Astor Piazzolla, com La Muerte del Angel e um quinteto de violas e acordeão.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias