Companhia de dança espanhola se apresenta dias 09 e 10 de abril no Teatro Guaíra

Data 25/03/2019 | Assunto: Notícias

Compañía Antonio Gades dança Carmen no Guairão. O balé será apresentado nos dias 09 e 10 de abril, terça e quarta, às 21h.

A Temporada Dell’Arte de Dança 2019 leva para Curitiba a turnê da Compañía Antonio Gades. A trupe, considerada ainda hoje o principal ícone da dança espanhola e principal representante da dança flamenca no mundo, apresenta o espetáculo Carmen no Teatro Guaíra. O balé será apresentado nos dias 09 e 10 de abril - terça e quarta, às 21h.


Ingressos aqui

 As apresentações, que já aconteceram no Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, seguem para Belo Horizonte (Teatro Sesc Palladium).

 A turnê tem patrocínio do Circuito Cultural Bradesco Seguros, que apresenta para o público brasileiro um calendário diversificado de eventos artísticos com espetáculos nacionais e internacionais de grande sucesso, em diferentes áreas culturais, como dança, música erudita, artes plásticas, teatro, concertos de música, exposições literárias e grandes musicais. Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Bibi – uma vida em musical”, “Bem Sertanejo”, “Les Misérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis - A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão” e “Wicked”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição inaugural da Japan House, “Bambu – histórias de um Japão”.

 


Antonio Gades | Bailarino e Coreógrafo

Antonio Gades (1936-2004), lenda da dança, é uma figura das mais importantes na dança e no teatro europeu do século 20. A obra de Gades buscava restaurar a essência de cada passo, definido pela tradição, pelo folclore, pelo povo. Seu trabalho pode ser visto como uma tentativa de estudar a cultura clássica e popular espanhola em profundidade, para glorificá-la, honrando suas raízes e suas fontes.

 Ele estava sempre ciente de que seu trabalho representava a herança cultural de seu povo e que ele deveria agir com cuidado para respeitar sua integridade, a fim de não a alterar. Sua maior conquista foi transformar o flamenco em uma arte dramática, desconsiderando a bravura chamativa e gratuita que, às vezes, ameaça invadir a cena.

 Seu encontro, em 1981, com o cineasta Carlos Saura seria decisivo na promoção da coreografia de Gades e, juntos, trouxeram o balé Bodas de Sangre (1974) para a telona. O filme teve enorme sucesso em todo o mundo. Seu próximo projeto foi o filme Carmen, que foi seguido por um balé de mesmo nome, e então El Amor Brujo e o balé Fuego fecharam essa frutífera parceria que popularizou o flamenco em todo o mundo.

 Depois veio Fuenteovejuna (1994), ainda considerado o ponto alto da Dança Espanhola hoje e, infelizmente, o último trabalho de Gades. Ele morreu em 2004. Apesar de deixar uma parte de sua obra imortalizada no cinema, a Fundação Antonio Gades trabalha para passar o legado estilístico e a coreografia de Gades para uma nova geração de bailarinos, estudantes e o público em geral.

 Caso contrário, seu trabalho teria desaparecido. Junto com esses esforços, a Fundação reuniu um importante arquivo documental. Este arquivo reflete uma época em que a dança assumiu importância monumental na visão que o mundo teve da Espanha depois que o país se tornou uma democracia.

 

Compañía Antonio Gades

Após a morte do coreógrafo, a Fundação Antonio Gades mantém e promove seu legado. Dirigida por sua viúva Eugenia Eiriz e sob a presidência de María Esteve (atriz e filha de Gades), a Fundação patrocina a Compañía de Dança Antonio Gades, que continua sendo uma das grandes referências da dança espanhola e do flamenco.

 A direção artística da companhia leva a assinatura de Stella Arauzo, que começou a dançar com Gades aos 17 anos e, assim como vários bailarinos, faz parte do elenco original e que agora ajuda os novos membros a internalizar a filosofia, a estética e a ética de Gades.

 Nos últimos 15 anos, a companhia se apresentou nos mais renomados teatros, incluindo o Teatro Real de Madri, o Teatro da Zarzuela, o Palau de les Arts em Valência, o Liceu Opera Barcelona e o Centro Niemeyer na Espanha, Sadler’s Wells em Londres, City Centro em Nova York, Herodes Atticus em Atenas, Arena di Verona na Itália, Gran Teatro Alicia Alonso em Havana, Bunkamura Orchard Hall em Tóquio e Müpá Budapeste.

 A participação da companhia na ópera Ainadamar, de Osvaldo Golijov (1960), com coreografia de Stella Arauzo, estreou na Espanha com ótimas críticas. Em colaboração com o Teatro Real, a Compañía de Dança Antonio Gades produziu a filmagem e transmissão da trilogia de Gades (Carmen, Blood Wedding e Fuenteovejuna) em cinemas do mundo todo.

 A Compañía foi convidada a atuar com Plácido Domingo, primeiro em homenagem ao Estádio Santiago Bernabéu (2016), bem como nas galas dedicadas à Zarzuela e Arte Espanhola. E ainda na Arena di Verona, Itália (2017), Royal Opera House Muscat, Omã (2018) e no próximo verão em Orange, França (2019).


Serviço:

Carmen - Compañía Antonio Gades
Dias 9 e 10 de abril, terça e quarta, às 21h
Classificação: Livre
Ingressos: PREÇO ÚNICO: R$ 200,00 (duzentos reais); 30% de desconto Site Dell'Arte - Regras: Desconto de 30% para a compra de até 02 ingressos exclusivo para Site Dell'Arte, (mediante apresentação do e-mail na entrada do teatro). O cliente pode imprimi-lo ou salvá-lo em seu celular. 30% de desconto no preço de inteira e não cumulativo com outras promoções ou descontos beneficiados por lei na compra de até 2 (dois) ingressos para o Clube Gazeta do Povo, válido somente para o titular do cartão. Não serão aceitos cheques. Lugares numerados. Taxa de Administração Disk Ingressos: R$ 6,00 (seis reais)






Está notícia foi publicada no Centro Cultural Teatro Guaíra http://www.teatroguaira.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.teatroguaira.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=2581