Peça Papéis de Maria Dias estreou no Teatro de Comédia do Paraná em 2018

Data 19/12/2018 | Assunto: Notícias

Tragicomédia fez confronto entre vida de cinco mulheres simples e cinco homens consagrados
Em 2018, o texto escolhido foi a obra inédita da escritora Luci Collin, Papéis de Maria Dias. Uma tragicomédia que faz um confronto entre a vida de cinco mulheres simples e cinco homens consagrados, discutindo temas como grandiosidade, criação e os dramas da existência comum, com direção de Carolina Meinerz e Letícia Guimarães. Os dez atores do elenco foram selecionados por meio de um processo seletivo público entre 311 participantes. No elenco estão: Diogo Cavazotti, Edson Rocha, Karina Flor, Laura Haddad, Marcelina Fialho, Mauricio Vogue, Patricia Cipriano, Paulo Chierentini, Renet Lyon e Wenry Bueno.


Em 2016, o CCTG reativou o Teatro de Comédia do Paraná, núcleo de dramaturgia que fez história no Estado a partir da década de 1960. Pelos palcos do Guaíra passaram grandes nomes do teatro paranaense como Glauco Flores de Sá Brito e Lala Schneider.

O TCP foi criado em 1963 com a finalidade de orientar e coordenar as atividades teatrais do Teatro Guaíra. Realizou inúmeras produções e fomentou a arte no Estado.

A primeira montagem depois da volta do TCP foi a peça O Homem Desconfortável, de Edson Bueno. O texto foi escolhido por meio de um concurso de dramaturgia. A direção ficou sob responsabilidade de Alexandre Reinecke. O elencou contou com Carolina Meinerz, Christiane Macedo, Eliane Campelli, Kauê Persona, Leo Campos, Marcel Szymanski, Pedro Inoue, Simone Magalhães, Tatiana Blum e William Barbier. Com figurinos de Eduardo Giacomini, cenografia de Guenia Lemos, trilha sonora de Gilson Fukushima e iluminação de Beto Bruel.

Em 2017, Hoje é Dia de Rock, com direção de Gabriel Villela, consolidou a retomada do TCP com recorde de público em 20 apresentações no Guairinha e uma temporada por Rio de Janeiro e São Paulo. Depois, o espetáculo viajou por oito cidades do Paraná. No figurino havia mais de 100 itens produzidos artesanalmente. Sucesso de público e crítica, a montagem recebeu a indicação de melhor figurino e direção na edição de 2018 do Prêmio Botequim Cultural. O elenco contou com Arthur Faustino, Cesar Mathew, Evandro Santiago, Flávia Imirene, Helena Tezza, Kauê Persona, Luana Godin, Matheus Gonzáles, Nathan Milléo Gualda, Paulo Henrique dos Santos, Pedro Inoue, Rodrigo Ferrarini e Rosana Stavis. A direção musical, arranjos e preparação vocal foram de Marco França, que também atua na peça e, além de ator, é músico multi-instrumentista. A iluminação foi de Wagner Correa, e o diretor Gabriel Villela também assinou cenário e figurinos.




Está notícia foi publicada no Centro Cultural Teatro Guaíra http://www.teatroguaira.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.teatroguaira.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=2552