• Locação
  • Parceiros
  • Vídeo Institucional
Programação Julho/2019
Guairão
Guairinha
Miniauditorio
Teatro José Maria Santos
Outros Espaços
DSTQQSS
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
  • Facebook Teatro Guaira
  • Bilheteria
  • Processo Bilheteria
  • Gralha Azul
  • Gralha Azul 2019
  • Portal da Transparência
  • denuncie corrupçao

Destaques

Balé Teatro Guaíra é homenageado na Assembleia Legislativa do Paraná

Na última semana, dia 16 de julho, o Balé Teatro Guaíra foi homenageado em sessão solene na Assembleia Legislativa do Paraná. Em maio de 2019, o BTG completou 50 anos com uma mostra de repertório que apresentou ao público os maiores sucessos da companhia. Foram seis sessões com ingressos esgotados e público de 13,2 mil pessoas. Até agosto, o Balé segue em turnê pelo Paraná, com apresentações em sete cidades.

O BTG é a terceira companhia mais antiga do país e uma referência em dança contemporânea. Em cinco décadas, marcou a vida de bailarinos e bailarinas que fizeram parte do corpo artístico e transformou a história da dança nacional.

A diretora-presidente do Centro Cultural Teatro Guaíra, Mônica Rischbieter, afirma que a sessão solene na ALEP é um marco na celebração do cinquentenário do BTG. “O Balé Teatro Guaíra é uma companhia pública que está entre três principais cias de dança do país e é também uma das mais antigas. É uma trajetória de sucesso, com 50 anos ininterruptos de repertório com altíssimo nível técnico. Esse fato precisa ser festejado com nossos representantes políticos porque mostra o comprometimento do Paraná com a Arte”. Ela lembra que os deputados estaduais tiveram papel fundamental na reestruturação dos cargos do CCTG e criação do PalcoParaná, o que possibilitou a contratação regular de bailarinos e músicos e da equipe técnica.

De acordo com a diretora do Balé Teatro Guaíra, Cíntia Napoli, o evento marca um encontro memorável, uma real aproximação entre os parlamentares e os artistas que representam o Estado. “Foi uma grande honra para nós, integrantes e ex-integrantes do BTG, sermos presenteados, pela primeira vez, em uma Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Paraná. Somos gratos ao Deputado Estadual Goura, que através dessa importante iniciativa expressa o reconhecimento aos 50 anos de grandes realizações e sucesso do BTG, a cia oficial do Estado do Paraná. Só temos o que comemorar”, finaliza.

Para Clarissa Cappellari, bailarina do BTG e ex-aluna da Escola de Dança Teatro Guaíra, essa foi uma data marcante. “Meio século de vida da companhia de dança do Estado do Paraná! Essa homenagem que foi prestada ao Balé Teatro Guaíra na sessão solene na Assembleia Legislativa é uma forma de reconhecimento e reverência por essa história escrita através de tantos corpos e movimento. O Balé Teatro Guaíra faz parte da Cultura paranaense. Que venham os próximos 50 anos!”, diz.

 

 

Turnê pelo Paraná

O Balé Teatro Guaíra já se apresentou em cinco cidades do Paraná para celebrar seu aniversário de 50 anos. O público prestigiou os espetáculos Carmen - em Ponta Grossa, Campo Mourão e Maringá - e O Segundo Sopro, em Cascavel e Guarapuava. A turnê pelo estado faz parte da comemoração do cinquentenário da companhia. Além das coreografias, o BTG também está ofertando oficinas artísticas em todas as cidades. Essa programação faz parte do compromisso do Centro Cultural Teatro Guaíra em democratizar o acesso à cultura e descentralizar suas atividades.

O BTG ainda se apresenta em Paranaguá (dia 26 de julho) e encerra a turnê pelo estado em Foz do Iguaçu, no dia 2 de agosto.

 

Outros estados

 

O Balé Teatro Guaíra apresentou Carmen no mês de junho em São José dos Campos (SP), dia 13, e no dia 19 a companhia em Natal (RN).

 

Mostra de Repertório

 

Em maio ocorreu a Mostra de Repertório para celebrar os 50 anos do Balé Teatro Guaíra. Foram apresentados os seguintes balés: A Sagração da Primavera, com participação da Orquestra Sinfônica do Paraná, Carmen e O Segundo Sopro, conhecido carinhosamente pelo público como balé das águas. Houve ainda uma homenagem para O Grande Circo Místico. Foram apresentados os seguintes trechos do espetáculo: a abertura, os duetos de Beatriz e Lily Braun e a carreira, última cena da versão original. Esse repertório foi escolhido por ser o mais icônico da história da companhia. O Circo foi criado por Edu Lobo e Chico Buarque especialmente para o Balé Teatro Guaíra e estreou em 1983. Foi um divisor de águas e projetou o BTG nacional e internacionalmente – foram mais de 200 apresentações, uma delas lotou o Maracanãzinho no Rio de Janeiro
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.