• Locação
  • Parceiros
  • Vídeo Institucional

Notícias

Ballet de Londrina apresenta duas coreografias

O Ballet de Londrina une dois dos espetáculos de maior sucesso – “...à Cidade” e “A Sagração da Primavera” – para comemorar uma trajetória que já dura 20 anos. As obras propõem coreografias para músicas de Astor Piazzolla e de Igor Stravinsky e serão apresentadas no Guairinha nos dias 20 (às 20 horas) e 21 (às 19 horas) deste mês.

Potência e vigor são características dessas duas montagens que evidenciam o amadurecimento da linguagem da companhia paranaense. As apresentações contam com patrocínio do Ministério da Cultura, de O Boticário na Dança e da Prefeitura Municipal de Londrina. Os dois espetáculos têm criação e direção de Leonardo Ramos.

“... à Cidade”, coreografia original de 1996, reproduz o vibrante movimento urbano ao som do bandoneon de Astor Piazzolla. Tudo é energia nesta composição: personagens que despencam de tecidos suspensos, lances acrobáticos, o grito ensurdecedor de uma bailarina. O cotidiano da metrópole pulsa em formações predominantemente coletivas e com diagonais bem demarcadas.

“A Sagração da Primavera” estreou em 2011 e se mantém no repertório da companhia paranaense pelo sucesso contínuo desde então. A releitura da obra do compositor russo Igor Stravinsky joga luz sobre a violência primordial do homem e dos ciclos da natureza. O diretor conserva a trama original – uma mulher é escolhida entre as virgens para ser sacrificada e oferecida aos deuses em troca da fertilidade da terra – mas inova na forma de representar coreograficamente a história. Movimentos agressivos e rentes ao chão contornam o jogo de perseguição dos mais fracos pelos mais fortes.

As informações são de responsabilidade da produção do evento.

Serviço:
Ballet de Londrina (PR) – “... à Cidade” e “A Sagração da Primavera”
Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha)
Dias 20 e 21 de setembro, às 20h e às 19h
Ingressos: R$20,00 (entrada inteira) R$10,00 (meia entrada)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.