Balé Teatro Guaíra completa seis meses de atividades virtuais ininterruptas
25/09/2020 - 18:47

O Balé Teatro Guaíra completa seis meses de atividades virtuais ininterruptas, sendo uma das únicas companhias do país a seguir com aulas e atividades abertas ao público desde o início da pandemia do coronavírus. Cerca de 3 mil pessoas do público em geral participaram de aulas on-line com o BTG e de oficinas com renomados coreógrafos nacionais e internacionais.

Em fevereiro, a companhia havia começado a ensaiar o balé Romeu e Julieta, que seria apresentado em julho. Já em março as atividades presenciais foram suspensas por recomendação dos órgãos de saúde e iniciou-se o planejamento para as atividades virtuais.

“Nos defrontamos com uma situação excepcional, foi a primeira vez na história do teatro que ficamos com as portas fechadas. Sabíamos que não podíamos ficar longe do público, então logo iniciamos atividades virtuais e temos tido uma resposta incrível do público”, diz a diretora do Teatro Guaíra, Monica Rischbieter.

Em abril começaram as aulas virtuais abertas à comunidade da dança em geral, além de oficinas com coreógrafos renomados. Em julho, um programa mais amplo ofertou oficinas virtuais de dança para crianças, jovens e melhor idade. Cerca de 1,5 mil pessoas de 30 municípios de todo o Paraná participaram da iniciativa. No total, foram quase 100 horas de aulas de balé clássico e contemporâneo, improvisação e dança para a melhor idade. 

As atividades virtuais também possibilitaram que o BTG fizesse aulas com companhias nacionais e internacionais com o objetivo de criar uma conexão no mundo da dança. Entre cias. parceiras do BTG estão a Cisne Negro Cia. de Dança (SP), o Balé Jovem de Jundiaí (SP) e a Cia. Del Parque Del Conocimiento da Argentina.

 

Criações web

O BTG também preparou coreografias criadas exclusivamente para plataformas on-lines. Uma das iniciativas foi o Pocket Art, um projeto de criação coreográfica que aborda de forma divertida os desafios vividos em função do confinamento causado pelo coronavírus. Produzido a partir de técnica stop motion, a iniciativa partiu dos próprios bailarinos, que produziram e editaram o material. Além disso, houve a recriação de um trecho da coreografia Carmen de forma virtual para celebrar os 51 anos da companhia.

 

Aulas abertas

 

As aulas diárias seguem abertas aos profissionais de dança do país todo. Às segundas e sextas há aula de condicionamento físico aberta a qualquer pessoa. Somente nas classes de balé é necessário ter experiência prévia. Mais informações no Instagram do Balé Teatro Guaíra aqui  

 

As ações são uma parceria do Governo do Estado do Paraná, Secretaria da Comunicação Social e da Cultura, Centro Cultural Teatro Guaíra e PalcoParaná.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias