• Locação
  • Ingresso
  • Parceiros
  • Vídeo Institucional

Destaques

Maestro gaúcho e trompetista venezuelano são os convidados para o concerto da OSP no Dia dos Pais

À esquerda, maestro de terno com a batuta apoiada no joelho esquerdo. À direita, foto preta e branca do solista com os dedos sobre a boca, sentado, com o trompete no colo.

Já sabe o que fazer com o seu pai na manhã do Dia dos Pais? Venham assistir ao próximo concerto da OSP! Domingo, 12/08, às 10h30, a Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta O Trompete Tanguero. No programa do concerto estão músicas de sete compositores diferentes, incluindo Ravel, Sarasate e Oscher.

A regência ficará nas mãos do maestro convidado Evandro Matté, da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. O maestro Matté iniciou sua carreira musical no trompete e, com 19 anos, já era trompetista na OSPA, posição que ocupa até hoje. Formou-se pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fez especializações na University of Georgia e no Conservatoire de Bordeaux.

O programa do concerto inclui músicas de Neruda, Sarasate, Oscher, Miranda, Ravel e Falla y Matheu. Todas têm em comum o destaque para o trompete, instrumento comumente utilizado em músicas ibéricas e latinas, especialmente as cubanas e bascas. Apesar do nome do concerto, O Trompete Tanguero, o instrumento não aparece muito no tango. No entanto, o público pode esperar uma aparição especial do trompete neste ritmo na última peça do concerto.

Quatro músicas do programa terão a participação do solista venezuelano Pacho Flores. Pacho foi o trompetista principal da Orquestra Sinfônica Simón Bolivar, na Venezuela, e também um dos membros fundadores do quinteto de metais da orquestra. Já tocou em teatros importantes como o Carnegie Hall, em Nova York e o Opera City, em Tóquio.

Encontrar concertos inteiramente dedicados ao trompete, como será o Trompete Tanguero, é raro. As peças mais longas compostas para o trompete solo giram em trono de 15 minutos. É muito difícil para o trompetista tocar por períodos mais longos do que isso, pois o instrumento exige que a boca tenha grande força muscular. Pacho Flores ficou famoso no meio musical por conseguir tocar o trompete solo em concertos de até duas horas.

Os ingressos para o concerto já estão à venda na bilheteria do teatro ou pelo Disk Ingressos. Os valores são R$ 20, a inteira, e R$ 10, a meia. Traga seu pai e aproveite a manhã musical com a OSP. 

Serviço

O Trompete Tanguero – Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná

Domingo, 12/08, às 10h30

Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão)

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.